Gravura Brasileira

Fernando Augusto, Fúliva Molina and Walter Wagner

Fernando Augusto, Fúliva Molina and Walter Wagner

De 19/5/2006 a 19/6/2006

Prints

Press

Download

FERNANDO AUGUSTO, FÚLVIA MOLINA E WALTER WAGNER

Desenhos, Fotografias e Gravuras    
 

A galeria Gravura Brasileira inaugura em 09 de maio de 2006 a exposição de desenhos, gravuras e monotipias de Fernando Augusto, Fúlvia Molina e Walter Wagner. Esta mostra terá continuidade no atelier Presse Papier em Quebec, Canadá com a residência e exposição dos artistas no período de 26 de maio a 18 de junho de 2006.

 

Abertura: 09 de maio, terça-feira, 19hs.

Exposição: de 10 de maio a 19 de junho de 2006.

Horários: segunda-feira a sexta-feira 10/18h e sábados 11/15h

Rua Fradique Coutinho, 953, Vila Madalena, ao lado da livraria da Vila

f. 11.3097.0301 e 3097.9193


 

Fúlvia Molina, artista brasileira, vive e trabalha em São Paulo, Brasil. Seu trabalho enfoca a memória social e política contemporânea de seu país. Aqui, a artista, trabalhando com envelopes usados, lixos do cotidiano, resquícios do dia a dia, que conservam uma memória do sensível partilhado por uma comunidade, realiza intervenções em que partilha  a sua subjetividade. Esses envelopes evocam dois tempos, em uma temporalidade colapsada, achatada: o tempo próprio dos envelopes e o da subjetividade da artista no momento da intervenção (desenho direto e gravura). Assumem assim, como objetos de arte, novos sentidos, em que memórias existentes dialogam com as produzidas por essas novas intervenções, criando novas percepções. É a partilha do sensível que, no dizer de Jacques Rancière, dá forma à comunidade

 

Fernando Augusto


"Eu sempre trato do corpo e a sua relação com a dor, o prazer erótico, sensual, e a morte. Para mim, o erotismo está na mesma medida que a morte. O prazer leva a morte", explica Fernando Augusto.
Mesmo parecendo uma visão pessimista dessas sensações, o artista diz encarar a morte, a dor e o prazer como algo reflexivo e otimista. "A morte tem uma beleza intrínseca à medida que se descobre os seus mistérios", diz.

Fernando Augusto nasceu em Ipanhem, Bahia, é mestre em Comunicação e Semiótica pela PUC - SP e professor de Desenho e Pintura na Universidade Estadual de Londrina (UEL), cidade em que mora há 12 anos. Além de ter feito exposições em diversas cidades do país, já levou suas obras à Alemanha, no Instituto Goethe, e ao Equador, na V Bienal Internacional de Pintura de Cuenca, em 1996.

 

Walter Wagner

“Venho de família com aptidão para o desenho . Minha mãe ,costureira,desenhava para bordar. Minhas tias e meus primos desenhavam muito bem , por intuição . Para mim  , o desenho se apresentava como  desafio de representação de meu entorno. Nos anos 1980 ,fui para a Universidade e lá descobri a gravura em metal. Freqüentei  por seis anos o ateliê  de gravura em metal. Para pintar ,utilizava também o ateliê do NAC Núcleo de Arte Contemporânea da UFPB. Em 1990 , fui morar em São Paulo.”
 

Copyright Gravura Brasileira

Rua Ásia, 219, Cerqueira César, São Paulo, SP - CEP 05413-030 - Tel. 55 11 3624.0301
Weekdays: 12 am to 6 pm

website produced by WEBCORE